Rosa Righetto

Amor Paixão e Sentimentos

Textos


***LINK DO SITE***
http://www.rosarighetto.prosaeverso.net/visualizar.php?idt=5434002
Músuca***
Jeux Interdits (Nicolas Angeliss)
O VOO DA LIBÉLULA SOLITÁRIA
 
Abre as asas como se nunca tivesse girado
Rodopiar vertiginoso sem medo de abismos hostis
Buscando conhecer a si própria pouso cansado
Em terras úberes onde jamais imaginasse pudesse existir
 
Ao penetrar faceira para o mundo dos sonhos
Alegorias adoçadas cores lúdicas onipotentes
Buscando mergulhos profundos em ares risonhos
Desbravando tons como escalador de solos quentes
 
E num despertar profundo entre os cristais mais belos
Entre alucinação e fato vítrea luz penetrante
Desperta tendo um Brilhante e cativante sorriso nos lábios
A linda libélula na segurança de cais aconchegante
 
Entre o sonho e a realidade viajamos inundados de ousadia
Por vezes nos perdemos entre o que é real e o que é fantasia.
 
 
Rosa Righetto
Enviado por Rosa Righetto em 01/11/2015
Alterado em 01/11/2015

Música: Jeux Interdits - Nicolas Angeliss

Copyright © 2015. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Áudios Relacionados:


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras